Rua Avelino Tallini, 171, Lajeado, RS
(51) 3714-7023 •

Procon-RS notifica operadoras de telefonia presentes no Vale do Taquari

  14 de junho de 2019   Lucas George Wendt/Codevat
Em Porto Alegre, na última quinta (13), foi realizada uma reunião entre o Procon Estadual, o Conselho de Desenvolvimento do Vale do Taquari (Codevat), a Associação dos Municípios do Vale do Taquari (Amvat), prefeitos de cidades da região, representantes do Ministério Público (MP), da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), e das quatro operadoras de telefonia fixa, móvel e internet presentes no Vale: Oi, Tim, Claro, Vivo.

O objetivo do grupo foi encaminhar a sequência das discussões acerca das limitações das telecomunicações vividas por moradores de cidades da região. No encontro da quinta a atenção foi dada, especialmente, à telefonia móvel, ponto considerado como o mais delicado no Vale do Taquari. À telefonia fixa e à internet estão reservadas novas reuniões em Porto Alegre.

Para entender
O Procon-RS foi procurado por representantes de municípios do Vale do Taquari previamente em razão das dificuldades que a região enfrenta na cobertura de sinal de telefonia e internet, em especial nas áreas consideradas rurais. No início do ano o Codevat, em parceria com outras entidades da região, elaborou um formulário de pesquisa buscando identificar e quantificar as áreas mais sensíveis - instrumento que embasou a fala dos representantes da região em Porto Alegre e que também foi entregue, em abril, ao MP e ao Procon em reunião com a Amvat, em Estrela. A pesquisa consultou usuários e buscou a opinião das prefeituras sobre a questão, contando com as respostas de 22 delas.

A notificação
A decisão do Procon pela notificação considerou a fala dos prefeitos, na reunião da quinta, momento no qual estiveram 15 gestores públicos da região; e as indicações dos usuários e prefeituras, consultados por meio de formulário online aplicado pelo Codevat.

As empresas prestadoras de serviços na região - Oi, Tim, Claro, Vivo - têm, a contar a partir de ontem (13), dez dias de prazo para elaboração e entrega de um relatório técnico sobre a sua atuação no Vale do Taquari. O Procon-RS também espera a entrega de um plano de ação que contemple melhorias no mesmo prazo.

O presidente da Amvat e prefeito de Teutônia, Jonatan Brönstrup, afirma que a região sai com expectativas positivas do encontro. As empresas buscam alternativas para a ampliação e melhora do sinal na região, com ações iniciais que devem ser realizadas ainda neste ano.

O Procon, o Codevat, a Anatel e a Amvat seguirão acompanhando o caso.

Texto por: Lucas George Wendt/Codevat

Natália Ribeiro/Grupo Independente

Imprensa Codevat